quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Programação completa da virada de ano em nossa região

CAMPOS

Farol
Dia 31/12 - Elba Ramalho 22h
Dia 01/01 - Nelson 22h - Palco Oficial
Dia 02/01 - Pique Novo 22h - Palco Oficial
Dia 03/01 - Emílio Santiago18h - Lagamar

Trio Elétrico
Dia 31/12 - ( Reveillon) - A Massa após o show de Elba Ramalho
Dia 01/01 - (Em aberto)

Lagoa de Cima
Dia 31/12 - Gil Paixão 22h
Dia 01/01 - Bonde Brasil 15h
Dia 02/01 - Semente da Bahia 15h
Dia 03/01 - Preciosidade 15h

Travessão
Dia 31/12 - (Reveillon) Dj Luiz Henrique 22h
Dia 31/12 - (Reveillon) Luciano e Banda 22h
Dia 01/01 - Fuzueira 22h
Dia 02/01 - Forró Catukaí 22h
Dia 02/01 - Dj Jubiraca 22h

Ururaí
Dia 31/12 - J. Samba 22h
Dia 02/01 - Gil Paixão 22h
Dia 02/01 - Tudublu 15h
Dia 03/01 - A Massa 15h


SÃO JOÃO DA BARRA
Açu (Palco Oficial)
Dia 31/12 - Léo Magalhães 0h

Grussaí (Orla da Praia)
Dia 31/12 - André Lelis 0h
Dia 01/01 - Fernandinho (Show Evangélico) e Charles Henrique - 19h
Dia 02/01 - Netinho 19h

Sede (Festa de São Benedito)
Dia 31/12 - Elymar Santos 0h
Dia 01/01 - Celina Borges (Show Católico)

Atafona (Novo Balneário)
Dia 03/01 - Maria Rita 18h30


SÃO FRANCISCO DO ITABAPOANA
Dia 31/12
Gargaú: Grupo Di Bobeira (Palco)

Santa Clara: Banda Sedução e Os Piratas (Palco)

Sossego: Swing Moleque (Trio)

Guaxindiba: Banda Prakatum (Trio)

Barra do Itabapoana: Banda Som de Verão (Palco)


QUISSAMÃ
Dia 31/12
Praia de João Francisco - Grupo Quizomba

Barra do Furado - Grupo Bombadaço


MACAÉ
Dia 31/12
Cavaleiros – Show do GRES Estação Primeira de Mangueira

Barra de Macaé – Show do GRES Mocidade Independente de Padre Miguel

Bar do Coco – Show Neguinho da Beija Flor e Banda

Lagomar – Show de Sandro Martins

Glicério – Show Tom Mello e Banda


CABO FRIO
Dia 01/01 - Rick Vallen - Prais do Forte

Dia 02/01 - Gravação do DVD do grupo Tchakabum, a partir das 22h


RIO DAS OSTRAS
Dia 31/12
Praça São Pedro - Banda Zorra Brasil

Costazul - Banda Truco

Praça São Pedro - Banda Pressão na sexta-feira, dia 1º, e o pop-rock da Banda Mister Brazuka, no sábado, dia 2, sempre às 23h.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Fest Verão Macaé 2010

Segue a programação dos shows.

Janeiro
Dia 8- Inimigos do HP
Dia 9– Seu Jorge
Dia 15- Dj Marlboro
Dia 16 – Pitty
Dia 22- Jota Quest
Dia 23- Titãs
Dia 30 - Marclo D2 e Leandro
Dia 31- Jammil

Fevereiro:
Dia 6– Diogo Nogueira
Dia 7- Revelação
Dia 11– Exaltasamba

VERÃO ESPORTIVO 2010 Esporte e muita alegria na programação macaense

Programação de janeiro

* Dias 9 e 10 – Futvôlei – local: Arena Cavaleiros;
* Dia 9 – Tae-Knwon-Do – local: Ginásio Municipal;
* Dia 10 – Skate – local: Parque da Cidade;
* Dia 10 – Judô – local: Ginásio Municipal;
* Dias 16 e 17 – Jiu-Jitsu – local: Ginásio Municipal;
* Dias 16 e 17 – Bodyboard – local: Praia do Pecado;
* Dias 16 e 17 – Vôlei de Praia Masculino – local: Arena Cavaleiros;
* Dia 17 – Aquatlon – local: Praia dos Cavaleiros;
* Dias 18 a 25 – Campeonato de Beach Soccer – local: Praia de Imbetiba;
* Dias 23 e 24 – Surf – local: Praia do Pecado;
* Dias 23 e 24 – Vôlei de Praia Feminino – local: Arena Cavaleiros;
* Dias 30 – Caratê – local: Ginásio Municipal;
* Dias 30 e 31 – Brasileiro de Frescobol – local: Arena Cavaleiros;
* Dia 31 – Encontro de Capoeira – local: Ginásio Municipal;
* Dia 31 – Travessia de Natação – local: Praia de Imbetiba.

Programação de fevereiro

* Dias 6 e 7 – Hand Beach – Arena Cavaleiros;
* Dias 6 e 7 - Canoagem de Velocidade – Lagoa de Imboassica;
* Dia 6 – Corrida Noturna – Praia dos Cavaleiros;
* Dia 7 – Caminhada da Melhor Idade - Imbetiba.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Verão São Francisco do Itabapoana 2010

Dia 09/01/10 às 22Hs.
Detonautas - Palco Oficial em Santa Clara

Dilma e a volta aos passados.

São vários os passados que assustam na candidatura de Dilma Rousseff à presidência da República.

O primeiro passado que aterroriza é o fato da candidata, como única experiência política, ter sido mentora intelectual e ativa militante de uma das mais violentas facções terroristas dos anos setenta: a VPR, Vanguarda Popular Revolucionária.

A VPR cometeu assaltos à mão armada, realizou atentados à bomba e assassinou dezenas de cidadãos brasileiros a sangue frio, em nome de quê?

Em nome da instalação, no Brasil, de um regime comunista, nos moldes de Cuba que, até hoje, é uma ditadura sanguinária, sob o tacão do castrismo há mais de 50 anos.

Participar de uma organização assassina sem nunca ter se arrependido disto, ao contrário, tendo orgulho, revela índole, caráter, personalidade.

O segundo passado que atemoriza é a certeza de que uma candidata politicamente inexpressiva trará de volta uma quadrilha de criminosos lesa pátria: os mensaleiros, comandados por José Dirceu e os aloprados, liderados por Ricardo Berzoini.

Sem o freio de Lula, uma liderança construída ao longo de trinta anos, estas figuras abjetas e nojentas transformarão o Palácio do Planalto, finalmente, em um aparelho do PT, governando em colegiado e loteando definitivamente o país entre seus apaniguados. Imaginemos a política com José Dirceu, as relações internacionais com Marco Aurélio Garcia, as polícias com Tarso Genro, os movimentos sociais com João Pedro Stedile, tendo na presidência uma ameba amestrada, sem a mínima legitimidade dentro da organização partidária que, nos regimes totalitários, está acima de tudo.

O terceiro passado que assusta é a volta da inflação e a gradativa desestabilização da economia, alimentada pela irresponsabilidade fiscal e pela crescente estatização da economia, um cenário perfeito para, finalmente, na crise provocada, no caos dirigido, ser implantado o socialismo no país, bastando para isso aprofundar o discurso já oficializado da luta de classes.

Os empresários que hoje deliram com a formação dos seus monopólios serão os primeiros a terem seus impérios estatizados, juntamente com uma violenta repressão à liberdade de imprensa, sustentada pelo populismo barato da Bolsa Família e do Minha Casa, Minha Vida.

Sugere-se aos empresários uma semana de férias na Venezuela para que saboreiem as delícias do socialismo bolivariano, antevendo o banquete que lhes reserva um eventual terceiro governo petista.

Sim, porque o governo não será de Lula.

Muito menos de Dilma, o poste, o cone de trânsito.

Pela primeira vez o país será governado efetivamente pelo PT e por todo o passado que o cerca e o domina.

Porque Le Monde elogiou o Lula?

HÁ 1 ANO E MEIO, O PRESIDENTE HUGO CHAVES "DOOU MAIS DE 50 MILHÕES DE EUROS AO JORNAL LE MODE POR INTERMÉDIO DE UM ONG QUE CUIDA NA FRANÇA DA TAL LIBERDADE DE IMPRENSA."

O JORNAL LE MONDE É DE PROPRIEDADE DO PARTIDO COMUNISTA FRANCÊS[ ÓRGÃO OFICIAL]

OS JORNAIS DO BRASIL NÃO NOTICIARAM ESTA DOAÇÃO DE HUGO CHAVES QUE SALVOU O JORNAL DA FALÊNCIA.

HOJE UM ONG FRANCO BRASILEIRA DE NOME LIBERTÉ É O AGENTE ARRECADADOR QUE RECEBE DINHEIRO DO LULA E DO PT PARA DIVULGAR A PERSONALIDADE DO ANO NA FRANÇA [ LULA O HOMEM DO ANO]
É O DINHEIRO DO ESTADO BRASILEIRO FINANCIANDO AS ATIVIDADES DO PARTIDO COMUNISTA FRANCÊS.

HOJE O JORNAL LE MONDE NÃO TEM IMPORTÂNCIA NENHUMA PARA O POVO FRANCÊS QUE SE TRANSFORMOU EM BLOG DO COMUNISTAS FRANCESES QUE SÓ CONSEGUIRAM ELEGER DOIS DEPUTADOS COMUNISTAS AO PARLAMENTO FRANCÊS.
EM RESUMO É O NOSSO RICO DINHEIRINHO SUSTENTANDO A VAIDADE DO LULA E DA QUADRILHA QUE TOMOU DE ASSALTO O PODER NO BRASIL.

ME ENGANA QUE GOSTO

sábado, 26 de dezembro de 2009

Deu na Folha

Painel da Folha: Casa Civil abre licitação para contratar cabeleireiros e manicures

COMENTÁRIO
Faço uma retificação com relação a expressão: Os profissionais de beleza custarão ao governo, ao todo, R$ 9.000 mensais. Os custos são pagos na realidade pelo dinheiro do povo; do povo, em sua nova configuração de tolo, nas mão de um governo cínico.

Vacas de presépio que se fazem de pastores

Naquelas históricas assembleias gerais dos operários metalúrgicos de São Bernardo do Campo no Estádio de Vila Euclides na segunda metade dos anos 70 do século passado, o presidente do sindicato, Luiz Inácio da Silva, que ainda não havia incorporado o apelido Lula ao sobrenome, forjou um estilo ao qual foi fiel e que ao longo dos anos aperfeiçoou com esmero. Ele tinha dois lugares-tenentes, Osmar Mendonça, o Osmarzinho, e Enilson Simões de Moura, o Alemão. Encarregava cada um de defender uma posição e, enquanto os dois discursavam, Lula observava atentamente a multidão lá do alto do palanque. Somente quando tinha certeza absoluta sobre qual seria a posição a ser adotada para agradar a plateia dava a palavra final. Ali ele subverteu a ordem monolítica, mas frágil, da ditadura militar, que logo depois desabaria, e também inverteu o sentido original da palavra líder, não mais alguém que conduz a massa, mas quem se deixa por ela conduzir. Non duco, ducor.

Os longos anos de militância no PT, na oposição em plena democracia, frágil como a ditadura que sucedeu, ainda que parecesse inquebrantável, o retirante de Caetés, Pernambuco, tornou-se aos poucos o mais manhoso e bem-sucedido político da História do Brasil por aprimorar a arte de adular a massa para permanecer no topo. É um estilo de mando que contraria o dístico latino usado para definir o orgulho paulista. Tal como citado na última linha do parágrafo anterior, não mais o "não sou conduzido, conduzo" dos bandeirantes, dos coronéis, dos estancieiros e mesmo dos mineiros manhosos do PSD, mas um esperto "não conduzo, sou conduzido", que garante a permanência no alto das pesquisas de prestígio popular. Adular o povo é o jeitinho mais eficiente e menos perigoso de perpetuar seu excelente emprego, que garante fama e fortuna fáceis e um bando de bajuladores ao redor por muito mais tempo do que jamais poderia sonhar algum pretendente ao exercício pleno do mando. Trata-se de um meio extremamente inteligente e sem riscos de exercer o poder e garantir satisfação especial para si mesmo, a família, os amigos e os compadres sem ter de adotar uma decisão difícil, angústia que sempre incomodou o repouso dos guerreiros que de fato comandam.

Os altos índices de popularidade alcançados por Lula, como não o foram "nunca antes na História deste país", não são, contudo, um fenômeno paroquial, uma esquisitice tropical num universo estranho. Como se sabe, noço guia providencial dos povos da floresta, da roça, do açude e da transposição do Rio São Francisco é o cara (man) do homem mais poderoso da Terra, Barack Obama. Há entre o menino que teve o picolé recusado pelo pai sob o pretexto de que não sabia chupar e o primeiro mulato a ocupar a presidência dos Estados Unidos da América muito mais afinidades do que pode supor nossa vã historiografia. Mas isso não se tem comprovado em seus sucessos evidentes, e, sim, em seus fiascos ocultos. Como esse sofrido por ambos na Conferência do Clima em Copenhague semana passada.


Protagonistas de reuniões que partem de intenções magníficas e terminam em nulidades tenebrosas, ambos fazem parte de uma geração de estadistas pigmeus que de tanto se preocuparem com o que oferecer aos eleitores nas próximas eleições se esquecem do mundo que estão destruindo para as próximas gerações. Os dois se assemelham ao descendente de húngaros Nicolas Sarkozy, que só se aproxima do corso Napoleão Bonaparte na estatura física, distanciando-se do exemplo de antecessores em seus postos. Como Abraham Lincoln, que fez a guerra civil para garantir a unidade da confederação americana, e Dom Pedro II, sob cuja égide foi consolidado o domínio dos brasileiros sobre este território semicontinental onde estamos instalados.

Tanto eles quanto outros conduzidos que se fazem de condutores - Sílvio Berlusconi na Itália, Angela Merkel na Alemanha, etc. e tal - são hábeis comunicadores, capazes de encantar e engabelar as massas, mas inaptos para pôr em prática o verdadeiro sentido de governar: escolher metas a cumprir e persegui-las. Obama tem a habilidade de encantador de serpentes quando discursa. Lula põe as velhas raposas felpudas da política brasileira nos chinelos quando se trata de dizer a um interlocutor o que ele quer ouvir, seja individual, seja coletivamente. Mas nenhum dos dois tem a ousadia de enfrentar adversidade alguma para traçar o caminho a seguir, seja para resolver os impasses do comércio internacional, seja para evitar a tragédia ambiental que se abaterá sobre nós se providências não forem adotadas. Aos problemas que surgem respondem: "não é comigo." Aos que podem postergar reagem: "resolveremos no ano que vem."

Foi isso que ocorreu em Copenhague, como antes já havia acontecido na Rodada Doha. Lula dá lições de moral ao resto do mundo em matéria de preservação, mas não põe fim à destruição da Amazônia com uma simples proibição de queimadas e cortes pelos bandidos internacionais da motosserra. Falta-lhe coragem para fazer o que deve, mas lhe sobram argumentos para transferir a culpa para os outros. Neste mundo em que vivemos, Obama teve o topete de defender a guerra no habilíssimo discurso que fez na solenidade em que recebeu o absurdo Prêmio Nobel da Paz.

Essas vacas de presépio que se fingem de pastores de rebanhos repetem a geração de eunucos que permitiu o avanço de Hitler e Mussolini no período entre as guerras. Em pleno século 21, o mundo está a precisar que surja um novo Winston Churchill, um líder no sentido verdadeiro da palavra (condutor), temerário a ponto de prometer "sangue, suor e lágrimas" a seu povo para, contrariando-o e provocando-lhe dor, fazê-lo emergir sobrevivente e orgulhoso da devastação de uma guerra mundial.

Fonte: ESTADÃO

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal e Feliz 2010

O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho.
É viver cada momento e construir a felicidade aqui e agora.
Claro que a vida prega peças. O bolo não cresce, o pneu fura,chove demais, perdemos pessoas que amamos...

Mas, pensa só:
Tem graça viver sem rir de gargalhar, pelo menos uma vez ao dia?
Tem sentido estragar o dia por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Eu quero viver bem...E você?
2009 foi um ano cheio de coisas boas, mas também de problemas e desilusões,tristezas e perdas, reencontros...
Normal ...

2010 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o Homem é cheio de imperfeições. A natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas, e aí? Fazer o quê?
Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que eu desejo pra todos nós é sabedoria. E que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência. O nosso desejo não se realizou? Beleza...Não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa para esse momento.

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano...Mas,se a gente se entender e permitir olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes.

Desejo para todo mundo esse olhar especial!
2010 pode ser um ano especial, se nosso olhar for diferente.
Pode ser muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso.
Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.
2010 pode ser o máximo, maravilhoso, lindo, especial!
Depende de mim...de você...de todos nós!
Pode ser...E que seja!
FELIZ NATAL QUE DEUS ILUMINE NÓS TODOS E UM EXCELENTE 2010!!!

A lei eleitoral rasgada e lançada no lixo pela "CUMPANHEIRADA"

O presidente Lula, a candidata à Presidência pelo PT, Dilma Rousseff, e o governador Sérgio Cabral (PMDB), que vai disputar a reeleição, participaram ontem da inauguração de apartamentos no Morro do Alemão e em Manguinhos, no Rio. Fizeram campanha eleitoral aberta, clara, rasgada. E ilegal! Eis o problema: a lei deixou de ser uma referência para a política e para os políticos. Ao contrário: quando alguém se lembra de cumpri-la, certos setores são tomados de verdadeira indignação… cívica!!! Quando políticos usam recursos públicos, a exemplo do que o grupo fez ontem, em benefício de seu partido ou das próprias candidaturas, estão, de modo oblíquo, metendo dinheiro na meia, na cueca, na bolsa de couro. Trata-se de uma apropriação de recursos públicos. E é por isso que a lei coíbe tal prática. Pior ainda: os discursos de Lula e Dilma são um primor de autoritarismo e de desprezo pela democracia. O de Cabral, como de hábito, faz a política parecer um circo, de que ele é o Torresmo.

Comento daqui a pouco a linguagem empregada na cerimônia de ontem. Quero insistir na questão legal porque resta evidente que mesmo aqueles setores da sociedade que deveriam se encarregar de vigiar os abusos — entre eles, a imprensa — abrem mão espetacularmente de seu papel. E não se caracterizam só pela omissão, não. Está em curso a exaltação da ilegalidade, que está sendo chamada por certos colunistas de “profissionalismo”. Assim, todas aquelas transgressões acintosas à lei que se viram ontem no Alemão e em Manguinhos seriam, na verdade, fruto da esperteza e da competência. Já é um clichê e um truísmo: um governo que trabalha com valores corrompidos acaba corrompendo também a sociedade. É o que vemos.

Os governadores de Estado cassados pelo TSE por “abuso do poder econômico” eram aprendizes de feiticeiro perto do que se viu em Manguinhos e no Morro do Alemão. E, no entanto, estão fora. A Justiça Eleitoral só age quando provocada. A oposição poderia “provocá-la” o quanto fosse. Nada aconteceria. A instância que tem poder para pegar alguns peixes de porte médio não tem musculatura para enfrentar os tubarões. Seria perda de tempo. Mas, a dar bola para certo colunismo, errado está o governador José Serra, que se nega a entrar nessa lama legal para a qual Lula insiste em arrastá-lo. Faz muito bem! Não tem de entrar mesmo. É claro que o país e a democracia precisam de uma oposição competitiva. Mas precisa também de uma oposição que respeite a lei, já que o governo não a respeita.

Em Manguinhos, a “candidata” Dilma anunciou a “continuidade do governo Lula” porque “temos certeza de que não vamos deixar o Brasil voltar atrás”. E Lula emendou: a não-continuidade — que, na linguagem dos valentes, corresponderia à não-eleição de Dilma — poria em risco as obras que estão em andamento: “Se elas pararem, será um retrocesso para o Brasil”. É claro que se trata de um terrorismo eleitoral pedestre. E, é evidente, o presidente cantou as próprias glórias, sugerindo que, antes de seu governo, o país estava parado. As obras em curso derivariam da iniciativa do governo federal, o que é piada. Não! Não é uma piada! É uma mentira! O PAC é uma fantasia.


Segundo Dilma, “o Brasil foi um país muito desigual porque abandonou, voltou as costas, porque não tinha uma política para as populações mais pobres”. E mais: “O presidente Lula, até pela sua própria experiência de vida, nunca deixou de colocar o seu governo a favor dos mais pobres. Estamos acabando com o abandono e a absoluta falta de consideração”. Nem me ocupo, porque já fiz isso muitas vezes, de demonstrar que se trata de uma escancarada mistificação. Até os petistas devem saber disso. O que impressiona é que essa é uma linguagem de palanque.

E, se Lula gosta de um palanque, Cabral não fica atrás. Em clima de programa de auditório, Cabral chamava as pessoas ao “palco-palanque” para entregar as chaves e as convidava a discursar. Teve de ouvir da moradora Angélica Gomes da Rocha: “Meu filho tinha 16 anos, morreu na covardia, com policiais, dentro da Mandela de Pedra. Disseram que tinha troca de tiros, mas não tinha.” Era uma pobre real assaltando o espaço da fantasia. Mas Cabral estava em dia de êxtase. Aproveitou para lançar o nome de Lula para a Secretaria Geral da ONU (seria uma punição merecida!). Também disse que o presidente já meteu o “pé na merda”. Definitivamente, os governistas decidiram falar “merda” em seus discursos.


A favela de Manguinhos e o Complexo do Alemão são áreas sob o domínio do narcotráfico. A festança que se viu lá ontem só aconteceu porque esses digníssimos representantes do estado brasileiro negociaram com seus homólogos daquele outro país onde mandam os traficantes. Eles deram a autorização para o que o chefe de estado do Brasil, sua ministra e o governador do asfalto entrassem ali.

Ah, claro: antes do circo eleitoral, Lula concedeu uma entrevista a uma rádio em que afirmou que o governador José Serra não seria um bom técnico de um time — era o nosso “Chance” metaforizando, fazendo a política se parecer com um jogo de futebol… A isso, reitero, certa imprensa chama, de modo boçal, de “profissionalismo”, como se política “fosse assim mesmo”. E, sabemos, não é. Em nenhuma democracia do mundo.

Isso é só mais uma contribuição para o contínuo rebaixamento institucional da política — na verdade, do país. E parte da imprensa naufraga junto. Em vez de censurar o desmando, cobra do pré-candidato de oposição que faça o mesmo. Porque fazer o errado, o ilegal, passou a ser visto como sinal de esperteza. Lula oferece a corda. E essa imprensa a que me refiro a coloca alegremente no pescoço.

REVOLUÇÃO BANANEIRA ATINGE O BOLSO DOS BRASILEIROS

A Eletronorte prevê prejuízo de até R$ 50 milhões com a suspensão do envio pela Venezuela de 41% da energia consumida em parte de Roraima. As perdas, diz a empresa, vão ser causadas pela reativação de termoelétricas e pela contratação de PIE (Produtores Independentes de Energia). Para diminuir as perdas, a empresa diz que vai pedir recursos da CCC (Conta de Consumo de Combustíveis), tarifa cobrada de todos os consumidores para subsidiar a energia em regiões isoladas. Folha de S. Paulo


COMENTÁRIO DO BLOG: Chávez, o canalha, esperou ser aprovado no Mercosul para anunciar o corte de 20% no fornecimento de energia elétrica para Roraima, que [inexplicavelmente] importa energia da Venezuela, enquanto Lula empresta dinheiro para construir hidrelétricas no Peru e no Haiti.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Programação do Verão de São João da Barra 2010

ABERTURA

25/12/09 * SEXTA
Sede (Pç. de São João Batista)
20h30 – BOA NOITE AMOR
.
26/12/09 * SÁBADO
Sede (Palco Oficial)
20h30 – PE. FÁBIO DE MELO
Show Católico
.
RÉVEILLON
31/12/09 * QUINTA
Açu (Palco Oficial)
00h – LÉO MAGALHÃES

Grussaí (Orla da Praia)
00h – ANDRÉ LELLIS

Sede (Festa de São Benedito)
00h – ELYMAR SANTOS
.
VERÃO

01/01/10 * SEXTA
Grussaí (Orla da Praia)
19h – FERNANDINHO E
CHARLLES HENRIQUE
Show Evangélico

Sede (Festa de São Benedito)
21h30 – CELINA BORGES
Show Católico
.
02/01/10 * SÁBADO
Grussaí (Orla da Praia)
19h – NETINHO
.
03/01/10 * DOMINGO
Atafona (Novo Balneário)
18h30 – MARIA RITA

Açu (Centro)
21h – ALEXANDRE PEIXE

08/01/10 * SEXTA
Açu (Palco Oficial)
21h – PG E BANDA
Show Evangélico

Sede (Palco Oficial)
21h30 – PE. GLEUSON
Show Católico
.
09/01/10 * SÁBADO
GRUSSAÍ (Orla Palco Oficial)
19h – CHARLIE BROWN JR.
.
10/01/10 * DOMINGO
Atafona (Novo Balneário)
18h30– NANDO REIS
.
15/01/10 * SEXTA
Atafona (Carrapicho)
20h – PASTOR MARCOS
PEREIRA, ELAINE
MARTINS, NÍVEA SILVA,
KELEN RODRIGUES e
WAGUINHO
Show Evangélico

Grussaí (Festa de Santo Amaro)
21h30 – DALVIMAR GALLO
Show Católico
.
16/01/10 * SÁBADO
Grussaí (Orla da Praia)
19h – SHOW NACIONAL
.
17/01/10 * DOMINGO
Atafona (Novo Balneário)
18h30 – FREJAT
.
22/01/10 * SEXTA
Cajueiro (Palco Oficial)
21h – ROSE NASCIMENTO
Show Evangélico

Atafona (Pç. N. Sª da Penha)
21h30 – PE. JUAREZ DE CASTRO
.
23/01/10 * SÁBADO
Grussaí (Orla da Praia)
18h – BANDA EVA
.
24/01/10 * DOMINGO
Atafona (Novo Balneário)
18h30 – LEILA PINHEIRO e
ROBERTO MENESCAL

Açu (Centro)
21h – CIDADE NEGRA
.
29/01/10 * SEXTA
Grussaí (Orla da Praia)
19h – PE. REGINALDO
MANZOTTI
Show Católico

Sede (Palco Oficial)
20h – TOQUE NO ALTAR
Show Evangélico

30/01/10 * SÁBADO
Grussaí (Orla da Praia)
19h – ASA DE ÁGUIA
.
31/01/10 * DOMINGO
Atafona (Novo Balneário)
18h30 – RITA LEE
.
05/02/10 * SEXTA
Atafona (Praça do Meireles)
20h – IRMÃO LÁZARO
Show Evangélico
.
06/02/10 * SÁBADO
Grussaí (Orla da Praia)
19h – ZECA PAGODINHO
.
07/02/10 * DOMINGO
Atafona (Novo Balneário)
18h30 – GILBERTO GIL

CARNAVAL

12/02/10 * SEXTA
Sede (Trio Elétrico)
00h – ELYMAR SANTOS
.
13/02/10 * SÁBADO
Açu (Palco Oficial)
21h – DOM AMÉRICO

Sede (Palco Oficial)
00h – GRUPO NASCENTE
.
14/02/10 * DOMINGO
Açu (Palco Oficial)
21h – GRUPO NASCENTE

Sede (Palco Oficial)
00h – LEANDRO SAPUCAHY
.
15/02/10 * SEGUNDA
Açu (Palco Oficial)
21h – LEANDRO SAPUCAHY

Sede (Palco Oficial)
01h – DOM AMÉRICO
.
16/02/10 * TERÇA
Açu (Palco Oficial)
21h – ZONA SUL

Sede (Palco Oficial)
00h – PIXOTE
.
ENCERRAMENTO

21/02/10 * DOMINGO
Açu (Palco Oficial)
21h – CHITÃOZINHO & XORORÓ
.
27/02/10 * SÁBADO
Sede (Palco Oficial)
22h – REVELAÇÃO

REVEILLON QUISSAMÃ Queima de fogos e shows nas praias

Quissamã está preparando para este réveillon a tradicional queima de fogos e shows nas duas principais praias da cidade. Na Praia de João Francisco, o réveillon vai ser animado pela banda Quizomba. Já em Barra do Furado, o agito ficará por conta do forró de Bombadaço. Logo após os shows, DJs nos dois balneários agitando o público.

“As atrações musicais da festa de fim de ano de Quissamã possuem repertórios variados que, certamente, vão agradar a todo tipo de público”, afirmou a presidente da Fundação de Cultura e Lazer de Quissamã, Alexandra Moreira Gomes.

Principal ponto de concentração da cidade na virada do ano, a Praia de João Francisco vai ser tomada por uma mistura de ritmos e estilos adaptados aos instrumentos de samba, além de violão, cavaquinho e baixo. Formado por 16 membros, o grupo Quizomba apresenta, além das famosas músicas de carnaval, hits de intérpretes conhecidos da música pop como, por exemplo, Tim Maia, Jorge Benjor, Seu Jorge, Chico Science, Moraes Moreira e do grupo O Rappa.

Em Barra do Furado, muito forró para embalar a contagem regressiva para a chegada do ano novo. O grupo Bombadaço vai apresentar um ritmo animado, contagiante, que fará o povo dançar.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

CHAVEZ E COCAÍNA

Pela segunda vez no mesmo número de semanas, o presidente venezuelano Hugo Chávez utilizou um fórum público para se declarar como mascador habitual de coca. Na semana passada, informamos a declaração de Chávez durante um recente discurso televisionado de que ele mascava coca. No sábado, estava fazendo das suas de novo.



folhas de coca secando em armazém nas aforas de Shinahota na Bolívia. O letreiro diz ''Coca Poder e Território, Dignidade e Soberania, Congresso Regional 2006-08'' (foto de Phil Smith, editor da Crônica, 2007)
Durante outro discurso televisionado, desta vez em uma cúpula de lideranças esquerdistas latino-americanas em Caracas, Chávez pôs uma folha de coca na boca dele e a mascou enquanto defendia a planta. De acordo com um relato da Reuters, Chávez agradeceu o presidente boliviano Evo Morales, um ex-sindicalista cocaleiro e defensor da planta, por lhe trazer mais.

“Ah, companheiro, eu sabia que não podia me faltar, já estava acabando, estava acabando, irmão”, disse Chávez enquanto recebia as folhas de Morales durante a cúpula televisionada. Daí Chávez partiu uma folha pela metade e mascou para os aplausos dos presentes. “O capitalismo a converteu e as máfias internacionais em cocaína, mas a coca não é cocaína”, disse.

Na semana passada, John Walters, o secretário antidrogas dos EUA, acusou o governo Chávez de “ser conivente” no tráfico de cocaína da vizinha Colômbia. A Venezuela negou essa acusação, acusando os EUA de fazer uma campanha de difamação e de interferência arbitrária nos assuntos internos da Venezuela.

Nesta semana na Venezuela, políticos da oposição disseram que Chávez deveria fazer um exame toxicológico. Mas, como Chávez admitiu abertamente – duas vezes – que é um mascador habitual da folha de coca, é preciso se perguntar SE ELE A CHEIRA TAMBÉM, O QUE É PLAUSÍVEL. E mais uma vez, o anátema de Washington na América Latina cutuca Washington – e a Convenção Única sobre Entorpecentes de 1961 da ONU – no olho.

Bolsa Família

É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Por cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber.

O governo não pode dar para alguém aquilo que tira de outro alguém (que não lhe pertence).

Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação".

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

PROGRAMAÇÃO DE VERÃO São João da Barra anuncia eventos nesta terça

Será anunciada nesta terça-feira (22/12) a programação do verão 2010 nas praias de São João da Barra. Porém, alguns nomes já estariam confirmados, entre eles Blitz, padre Fábio de Melo, Revelação, Banda Eva, Bruno e Marrone e Skank, além dos shows com bandas regionais. Programação vai ser anunciada pela prefeita Carla Machado, às 11h, no Cine Teatro São João.

Como vem se tornando característica do verão sanjoanense, o Balneário terá uma linha de shows mais “light”, a primeira banda a subir ao palco por lá deve ser a Blitz, no dia 27. Mas a partida dos eventos está prevista para o dia de Natal, 25, no Calçadão, sede do município com o grupo Boa Noite Amor. No dia 26 é vez de Kaká Morsh.

Haverá eventos em praticamente todo o município, de Grussai a Açu, passando por Atafona. Há uma expectativa também em torno da programação evangélica, já tradicional nos meses de janeiro e fevereiro. Além disso, para celebrar a chegada do ano novo a Prefeitura organizou queima de fogos em algumas praias.

Dilma aparece em solenidade pela primeira vez sem peruca


Brasília - A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, fez na manhã desta segunda-feira sua primeira aparição pública sem a peruca que usava desde que se submeteu à quimioterapia para tratar um câncer no sistema linfático. Em setembro, os médicos anunciaram que o tratamento tinha sido bem sucedido e que a ministra estava livre da doença.

Em abril deste ano, a ministra foi operada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo (SP), para a retirada de um nódulo na axila. O diagnóstico foi de linfoma, um tipo de câncer, e o tratamento começou com sessões de quimioterapia. Na segunda etapa, ela foi submetida a sessões de radioterapia.

Na manhã desta segunda-feira, Dilma Rousseff participou do lançamento do Programa Nacional de Direitos Humanos, junto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


As informações são da Agência Brasil

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Minha opinião

Não gosto do governo atual, não gostava do governo anterior e não gostarei do próximo governo seja qual for...

Em geral sempre me calo... mas por um lapso de fúria com o monte de coisas que rola solta dez do tempo do meu avô, somente quis desabafar mandando todas as formas de governos.. nacionais e internacionais pros kintos das profundezas do inferno...

não acredito em uma forma de governo... não mais

Se analisarmos... um passado não muito distante... a Europa antiga possuía feudos.. considerados grandes cidades... as quais continham seus senhores feudais... (Reis) os quais cobravam impostos dos povos miseráveis... para que morassem em suas terras... para que caçassem em suas florestas... e as vezes eram presos por caçarem em áreas vips....

Hoje em dia temos prefeitos, governadores, presidente (imperadores....) que cobram impostos do povo miserável, onde tudo é ilegal se não for pago o imposto.

na mesma era feudal... para você ir de um feudo (Cidade) a outro você tinha que pagar imposto de estrada para os guardas do senhor feudal de um e do outro feudo...

hoje em dia temos os pedágios.. ai pergunto a vocês amigos.. se eu pago IPVA PRA QUE EU PAGO PEDÁGIO?

na era feudal, os senhores feudais normalmente eram elegidos pelo rei ou recebiam status em formato familiar...

hoje em dia temos o Sarnei... empregando seus parentes.. (somente um exemplo) pois nepotistas são vários...

na era feudal.. para você casar.. sua esposa virgem era deflorada pelo senhor feudal como um símbolo de honra... sendo um soldado ou outro posto qualquer...

tirando a parte maldosa, queridos colegas do blog a afirmar que é minha opinião pessoal e vocês não tem que concordar comigo.. afinal vivemos em uma liberdade, correto?

em filmes de época vemos vários "heróis" tentando lutar contra os malditos senhores feudais.. ao mesmo tempo vemos a plebe.. o POVÃO! contrario a eles pedindo pro carrasco executa lo cuspindo na cara chamando-o de traidor idiota.... etc...

sou uma pessoa pacifica e contrario a violência.. após muitos anos entendi que os camponeses.. o povão citado antes agia assim por ignorância... e desconhecimento da realidade triste que o envolvia... medo de varias coisas diferentes que resultavam nesta conduta...... mas mesmo sendo pacifico vejo que a solução do herói por mais tola e cinematográfica que seja.. era sempre uma solução viável... MATAR TUDO! isso quando ele não morria....


Bom encerrando meu pobre e mal escrito relato, antes que alguém me critique por filosofar demais. gostaria de lançar uma ultima consideração final e uma ultima pergunta a qual não quero a resposta... mas sim que você faça a você mesmo essa pergunta.... meu caro colega que a este testo lê....

Minha consideração final e pessoal é que tirando o ponto de vista tecnológico, medico, etc... o mundo ainda é o mesmo com a mesma infame forma de falsa democracia criada na antiga Grécia corrupta... que passou pela antiga Roma corrupta e assim por diante... ou seja... não vai melhorar.... pois ainda trabalhamos com um modelo menos pior... e não o melhor....

Fiquem tranquilos pois voltarei ao meu anonimato.... e silencio mortal.. pois prefiro isso a ofender a ideologia de algum membro que faz parte deste blog.

Agora a pergunta:
Nos filmes de época... você era o herói ou o povo? e na vida real.. o que você é? ou se considera...

grato a todos pela paciência e leitura sobre minha opinião pessoal... e lembrem-se que ela é só uma gota no meio do oceano.. ou seja não fará diferença...

Preso suspeito de estuprar a própria filha de 9 anos

Policiais civis da 147ª Delegacia de Polícia (DP/São Francisco de Itabapoana – SFI) prenderam Norberto Guimarães dos Santos, 34 anos, o Betinho, em cumprimento de um mandado de prisão preventiva da Comarca Única de SFI, incurso no artigo 217 do Código Penal Brasileiro (estupro). A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (17/12), na residência do suspeito, na localidade de Travessão de Barra, zona rural de SFI.

De acordo com a Polícia Civil, Betinho é suspeito de ter estuprado a própria filha, de apenas 9 anos. O crime teria ocorrido no dia 14 de novembro último, mas o registro de ocorrência na 147ª DP/SFI só ocorreu no dia 30.

Betinho, depois de passar pela 147ª DP, deve ser encaminhado para exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML/Campos) e posteriormente será conduzido para a Casa de Custódia Dalton Castro, em Guarus, onde ficará preso à disposição da Justiça, provavelmente em uma cela separada, a fim de evitar retaliações dos demais presos, que através de uma espécie de “código de conduta”, não admitem este tipo de crime. Caso seja condenado, Betinho pode pegar de 8 a 15 anos de prisão.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Assaltantes invadem casa e aterrorizam família no Centro

Cinco bandidos armados invadiram uma casa no Centro de Campos, e aterrorizaram uma família, que foi feita refém, amarrada e ainda teve roubados diversos pertences na noite deste domingo (13/12).

O assalto aconteceu por volta das 20h, quando José Carlos Viana, proprietário do imóvel, chegava a casa, na Rua Tenente Coronel Cardoso, antiga Rua Formosa, nas imediações da Avenida José Alves de Azevedo (Beira Valão), e foi rendido no portão da residência.

A quadrilha entrou junto com a vítima na casa e rendeu o filho de José Carlos, Marco Aurélio Gomes Viana e os outros moradores, quer foram amarrados. Os bandidos levaram diversas jóias, TV, um notebook (computador portátil), celulares, quatro espingardas registradas e R$ 900,00 em dinheiro.

Após as vítimas se desamarrarem, chamaram a Polícia Militar, que fez várias buscas pelo Centro e bairros vizinhos, mas não conseguiu prender os assaltantes e nem recuperar o material roubado. A ocorrência foi registrada para investigação na 134ª Delegacia de Polícia (DP/Centro).

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Vox Populi: Serra 36% x 19% Dilma

Uma nova pesquisa Vox Populi foi divulgada nesta quinta-feira (10), pelo Jornal da Band. Ela mostra a tendência de polarização entre Serra Dilma e inclui Heloísa Helan que já desistiu de disputar as eleições presidenciais de 2010. Em relação a última pesquisa do Vox Populi, Serra perdeu 4% e Dilma cresceu os mesmos 4%. Abaixo as intenções de voto de cada um dos pré-candidatos:

Serra 36%;
Dilma – 19%;
Ciro – 13%;
Heloisa – 6%;
Marina – 3%.

Os índices de rejeição são muito próximos:
Dilma – 12%; Serra – 11%; Heloísa – 10%; Ciro – 8%; Aécio – 5%

Telhado de Vidro: ex-prefeito Mocaiber presta depoimento na Vara Federal

O juiz da 1ª Vara Federal de Campos, Fabrício Antonio Soares, deu início, nesta quinta-feira (10), à audiência de instrução e julgamento referente ao processo em que é réu Alexandre Mocaiber, ex-prefeito de Campos. Mocaiber foi denunciado pelos crimes de formação de quadrilha (duas vezes), corrupção passiva (duas vezes), dispensa indevida de licitação (seis vezes) e fraude a licitação (duas vezes).

Durante o interrogatório, foram ouvidas, além do réu, as testemunhas de defesa, o vereador Marcos Bacellar (PTdoB), ex-presidente da Câmara de Vereadores, e Mônica de Souza Gomes, ex-diretora da Controladoria do Município de Campos. Mocaiber, ao sair do prédio da 1ª Vara Federal de Campos, evitou a imprensa e não deu entrevista, entrando rapidamente em seu carro.

O processo é um desdobramento da Operação Telhado de Vidro, que investiga o uso indevido de verbas públicas. A continuação da audiência foi marcada para o dia 10 de fevereiro de 2010, às 15h.

A acusação – O ex-prefeito foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF), através do procurador da República Eduardo Santos de Oliveira. Mocaiber é acusado de desvio de recursos do Programa de Saúde da Família (PSF) apurado durante a Operação Telhado de Vidro, deflagrada no dia 11 de março de 2008.

O MPF chegou a pedir a prisão de Mocaiber, mas o juiz da 1ª Vara Federal de Campos indeferiu a prisão preventiva do ex-prefeito. A participação do réu em duas quadrilhas foi verificada a partir de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça.

A primeira quadrilha direcionava processos com ou sem inexigibilidade de licitação para eventos artísticos, beneficiando sempre os mesmos integrantes do grupo criminoso. Uma empresa intermediadora era contratada para negociar com o empresário exclusivo de algum artista, de interesse da prefeitura de Campos, sendo que os contratos tinham valores pelo menos 60% superiores aos contratados com o empresário do artista.

A segunda quadrilha usava indevidamente a Cruz Vermelha Brasileira (filial Nova Iguaçu) e a Fundação José Pelúcio, que eram beneficiadas por dispensa de licitação pelo então prefeito de Campos. O objeto desses contratos era a terceirização de pessoal, sem concurso público, em parte mantidos com a verba do Programa Saúde da Família, custeada pelo Ministério da Saúde.

“A acusação é sólida e baseada em vários meses de investigação na Operação Telhado de Vidro, que reuniu uma farta documentação sobre os ilícitos cometidos. Por isso, vemos o recebimento desta denúncia como um passo a mais no combate à corrupção no Norte Fluminense”, afirma o procurador Eduardo Santos de Oliveira.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Telhado de Vidro: audiência de instrução e julgamento acontece nesta quinta-feira

Acontece nesta quinta-feira (10), às 14h, a audiência de instrução e julgamento do ex-prefeito de Campos Alexandre Mocaiber, que é réu no processo 2007.51.03.004179-3 da 1ª Vara Federal de Campos. O ex-prefeito foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF), através do procurador da República Eduardo Santos de Oliveira. Mocaiber é acusado de desvio de recursos do Programa de Saúde da Família (PSF) apurado durante a Operação Telhado de Vidro, deflagrada no dia 11 de março de 2008.

A defesa de Mocaiber requereu a manutenção da testemunha Hans Muylaert e a substituição das testemunhas Rodrigo Sergio Collares Quitete de Moraes e do deputado estadual Wilson Cabral pelos jornalistas Fernando Leite e Roberto Barbosa, ex-secretários na administração Mocaiber – Governo e Comunicação, respectivamente -, aceitas pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Campos.

Mocaiber foi denunciado pelos crimes de formação de quadrilha (duas vezes), corrupção passiva (duas vezes), dispensa indevida de licitação (seis vezes) e fraude a licitação (duas vezes). O MPF chegou a pedir a prisão de Mocaiber, mas o juiz da 1ª Vara Federal de Campos indeferiu a prisão preventiva do ex-prefeito. A participação do réu em duas quadrilhas foi verificada a partir de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça.

A primeira quadrilha direcionava processos com ou sem inexigibilidade de licitação para eventos artísticos, beneficiando sempre os mesmos integrantes do grupo criminoso. Uma empresa intermediadora era contratada para negociar com o empresário exclusivo de algum artista, de interesse da prefeitura de Campos, sendo que os contratos tinham valores pelo menos 60% superiores aos contratados com o empresário do artista.

A segunda quadrilha usava indevidamente a Cruz Vermelha Brasileira (filial Nova Iguaçu) e a Fundação José Pelúcio, que eram beneficiadas por dispensa de licitação pelo então prefeito de Campos. O objeto desses contratos era a terceirização de pessoal, sem concurso público, em parte mantidos com a verba do Programa Saúde da Família, custeada pelo Ministério da Saúde.

“A acusação é sólida e baseada em vários meses de investigação na Operação Telhado de Vidro, que reuniu uma farta documentação sobre os ilícitos cometidos. Por isso, vemos o recebimento desta denúncia como um passo a mais no combate à corrupção no Norte Fluminense”, afirma o procurador Eduardo Santos de Oliveira.

A-CRE-DI-TEM !!!!!!!!

Lula: projeto contra corrupção é escalada de combate à safadeza.


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quarta-feira regras mais rígidas para punir pessoas envolvidas em esquemas de corrupção e disse que o projeto de lei que pretende tornar mais fortes as penas para corruptos e corruptores representa "uma escalada de combate à safadeza com o dinheiro público nesse País".

Em meio às comemorações pelo Dia Internacional contra a Corrupção, o presidente Lula enviou ao Congresso Nacional projeto que transforma em crime hediondo atos de corrupção praticados por altas autoridades públicas. O texto propõe ainda alterações no Código Penal aumentando as penas mínimas de dois para quatro anos de prisão para pessoas envolvidas em corrupção e fixando em oito anos o período mínimo de reclusão no caso de corruptores e corruptos com cargos públicos.

Ao transformar a prática de corrupção ativa e passiva e suas correlatas (concussão e peculato) em crime hediondo, o projeto prevê que o ilícito passe a ser inafiançável e passível de prisão temporária.

"Essa lei que eu assinei, espero que o Congresso Nacional discuta e aprove ela. Possa ser que não resolva mas, se o Congresso aprovar, pelo menos a gente começa a passar para a sociedade que não existe a ideia da impunidade", afirmou o presidente.

Ao destacar a importância de órgãos de controle, como a Controladoria-Geral da União (CGU), a Polícia Federal e o Tribunal de Contas da União (TCU), Lula afirmou haver dificuldade em se identificar pessoas envolvidas em práticas de corrupção e criticou a distorção dessas penas diante das sanções impostas por crimes ambientais. "A corrupção é difícil de descobrir. Às vezes o corrupto tem cara de anjo, é o que mais fala de corrupção, o que mais acusa porque acha que não vai ser preso. O problema da bandidagem é que acha que sempre vai dar no outro, mas de vez em quando a arapuca pega seu passarinho, de vez em quando as pessoas são pegas. Falta muito? Falta, mas precisamos ter consciência de que estamos andando a passos largos", disse. Ele ainda afirmou em seguida: "percebe que um cara que rouba um pãozinho vai preso e um cara que rouba R$ 1 bilhão não vai preso? Quem mata um tatu ou uma paca é crime inafiançável e o cidadão que rouba o equivalente a um milhão de pacas e não é inafiançável".

"Precisamos ter a coragem e a consciência de que precisamos fazer o que estiver ao nosso alcance para que um dia, se não for possível se livrar da corrupção com um todo, que se livre da maioria dela", disse o presidente.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Arrogância e falta de medida

Não faria mal à diplomacia brasileira escolher com mais cuidado os amigos e as causas que patrocina

TIVE UM choque ao ouvir de ex-colega da ONU que o Brasil começa a parecer arrogante no exterior. "Vocês não eram assim; agora se comportam às vezes com a petulância de novos-ricos!" Minha primeira reação foi descartar a observação como fruto de algum episódio isolado. E se for verdade, pensei depois? Meu amigo é dos mais argutos analistas internacionais e seus exemplos me abalaram a tranquilidade.

Na raiz dessa percepção, está a irritação crescente com o protagonismo excessivo do nosso presidente, a frenética e incessante busca dos holofotes, a tendência de meter-se em tudo, com boas razões ou sem nenhuma. Acaba por irritar outros presidentes, que se cansam de servir de figurantes ao brilho de nossa liderança. Chega a hora em que os demais não aparecem para a festa, como sucedeu na recente reunião de presidentes amazônicos em Manaus. Veja-se o contraste com a sobriedade e o realismo da China. Na recente visita de Barack Obama, o primeiro-ministro Wen Jiabao lhe disse, segundo a agência oficial, que "a China discorda da ideia de um G2, pois ainda é um país em desenvolvimento e precisa manter a mente sóbria". Lamenta, mas não pode ajudar a resolver os problemas do Oriente Médio, do Afeganistão ou de outros lugares porque está muito ocupada em solucionar os próprios.

Imagine como teríamos reagido se a oferta do G2 tivesse sido feita a nós? O pragmatismo dos chineses significa que eles reservam os meios que possuem (bem superiores aos nossos) para o essencial: o comércio, a tecnologia, as ameaças do entorno asiático onde podem ser decisivos. A diferença em relação à política externa do Brasil revela muito sobre eles e sobre nós.

Queremos ser mediadores no Oriente Médio e em Honduras, onde nossa influência é quase zero, enquanto a Unasul, que fundamos, completa um ano sem conseguir eleger o secretário-geral (Néstor Kirchner é vetado pelo Uruguai) nem encaminhar os conflitos que se multiplicam entre os membros. O erro não é querer ter um papel útil, mas fazê-lo de modo desastrado, sem medida nem coerência. A mesma diplomacia que não suja as mãos em contatos com o governo de fato hondurenho abraça o sinistro presidente iraniano, indiferente à negação do Holocausto, à fraude eleitoral, às torturas e condenações à morte de opositores.

Nosso "timing" não é melhor do que nossa consistência. Recebemos Mahmoud Ahmadinejad na véspera de sua condenação pela Agência Internacional de Energia Atômica com os votos da China e da Rússia. Provavelmente amaciado pelos bons conselhos do Brasil, ele anunciou que vai construir mais dez usinas de urânio. Somos candidatos a posto permanente no Conselho de Segurança, mas assinamos oito acordos com país que está sob sanções do Conselho!

Não nos faria mal escolher com mais cuidado os amigos e as causas que patrocinamos.

Tampouco perderíamos se deixássemos algum espaço para os que já nos olham com receio devido a nosso tamanho incômodo e potencial futuro. Ao conseguir convencer o secretário de Estado dos Estados Unidos a vir ao Rio de Janeiro para a conferência interamericana de 1906, Rio Branco insistiu para que visitasse também Montevidéu, Buenos Aires e Santiago, "a fim de dissipar ciúmes e prevenções, afagando o amor próprio" dos hispano-americanos. Ele sabia que "a inveja é a sombra da glória", verdade que parece termos esquecido.


Rubens Ricupero , 72, diretor da Faculdade de Economia da Faap e do Instituto Fernand Braudel de São Paulo

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

NAÇÃO EM FESTA!!

FLAMENGO

HEXACAMPEÃO BRASILEIRO DE FUTEBOL

1980/1982/1983/1987/1992/2009


Ainda não caiu a ficha. Diante de um Grêmio dado como descompromissado mas ao mesmo tempo muito valente e que valorizou demais a partida, o Flamengo se superou dentro de campo e venceu por 2x1, gols de David e Rondinelli Angelim e se consagrou hexacampeão brasileiro depois de 17 anos de espera. Nem tô com muita cabeça pra postar, a ressaca é grande, mais tarde eu dou uns pitacos.

HEXAAAAAAAAAAAAAAAA


SÓ EXISTE UM RONALDO

sábado, 5 de dezembro de 2009

Prova de Fogo



O Maracanã vai ser colocado a prova neste Domingo. Na verdade, não só o Maracanã, mas a capacidade do Rio de Janeiro de realizar, com a necessária segurança e civilidade, um evento esportivo de grandes proporções.

Como se sabe, daqui a pouco mais de 4 anos, estaremos recebendo uma Copa do Mundo e, 2 anos depois, os Jogos Olímpicos. É verdade que até lá o governo do Estado do Rio de Janeiro já deverá ter promovido as obras de reforma e adequação do Complexo do Maracanã, necessárias para transformar um equipamento velho e obsoleto num estádio moderno, eficiente e seguro, apto a receber, com a devida grandiosidade, a partida final de uma Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos.

É verdade, também, que o Rio já realizou, com sucesso, outros eventos esportivos grandiosos, e os jogos Pan Americanos de 2007 são o melhor exemplo. No entanto, bastaria um problema de maiores proporções no jogo deste Domingo para macular o sucesso de eventos anteriores e reacender a discussão sobre a capacidade do Rio para realizar eventos esportivos de grande porte.

Será um teste de fogo. O Maracanã já recebeu, este ano, jogos em que o público atingiu sua lotação máxima oficial. Mas, no caso do jogo deste Domingo, há alguns ingredientes e diferenças importantes. Teremos, no domingo, o último jogo do campeonato, envolvendo o clube de maior torcida do Brasil e, talvez, do mundo, com chances reais de sagrar-se campeão brasileiro após um jejum de 17 anos. A quantidade de pessoas dispostas a ir ao jogo é milhares de vezes superior à capacidade do Estádio. O jogo será realizado às vésperas da eleição do novo presidente do Flamengo. Além disso, estamos no final do ano, a poucas semanas do Natal e Réveillon, com eleições marcadas para daqui a menos de um ano.

Não custa lembrar que o Brasil – e o nosso Rio de Janeiro não foge a essa regra – tem um longo histórico de práticas clientelistas, troca de favores, “carteiradas” e outras práticas do gênero em que o poder, seja ele qual for, é usado em benefício pessoal de uns e outros. Além disso, o sistema de venda de ingressos do Maracanã é totalmente inapropriado, ultrapassado e já se tem notícias de ingressos falsos e cambistas cobrando preços extorsivos por ingressos de procedência duvidosa. Por tudo isso e considerando os outros elementos acima mencionados, não é difícil de imaginar um Maracanã super lotado neste domingo, com uma quantidade de pessoas muito superior à sua capacidade regular, criando um risco de uma catástrofe sem precedentes. Não custa lembrar, ainda, que, na última vez que o mesmo Flamengo disputou uma final do campeonato brasileiro, centenas de torcedores despencaram da arquibancada, quando uma grade de proteção cedeu por conta da superlotação.

Como se nota, tem-se aí uma fórmula explosiva capaz de transformar um lindo espetáculo em uma grande tragédia. Se tudo correr bem, teremos aproximadamente 90 mil pessoas dentro do Maracanã e mais outras tantas nos arredores, torcendo por um único time, esperando o momento de comemorar o hexacampeonato brasileiro. No entanto, se as autoridades não tomarem as devidas precauções, a possibilidade de ocorrer um incidente de graves proporções pode ser altíssima.

Portanto, a SUDERJ, a CET-RIO, a Guarda Municipal, a Secretaria de Segurança Pública, o Corpo de Bombeiros e todas as demais autoridades envolvidas, direta ou indiretamente, na organização desse grandioso evento esportivo terão uma oportunidade de ouro para mostrar para a FIFA, para o COI e para o mundo, que possuem competência, responsabilidade, profissionalismo e capacidade de organização de um evento esportivo de grande mobilização popular como o que teremos neste Domingo.

Boa sorte ao Flamengo, aos que forem ao Maracanã torcer e a todos que estão envolvidos na organização deste jogo. Que tudo corra bem e o Maracanã seja o palco de um lindo e inesquecível espetáculo

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Bandidos levam todo o dinheiro de agência do Itaú em São João da Barra

Quatro bandidos assaltaram na manhã desta sexta-feira (03/12) a Agência do Itaú, na avenida principal na cidade de São João da Barra e fugiram num Vectra preto. Dos quatro bandidos que participaram do assalto, dois estavam fardados de Policiais Militares. Eles renderam o vigia do banco e os funcionários.

Um cerco está sendo feito em toda a cidade com as saídas da cidade sendo fechadas. Os policiais estão posicionados no trevo na entrada da cidade, na BR-356.

Os valores do roubo ainda não foram divulgados. Os moradores mostram-se assustados até por conta de esse ser o primeiro assalto dessas proporções que é registrado em São João da Barra.

CARROS ENCONTRADOS

A Polícia encontrou um Vectra, cor prata, próximo a Lagoa de Iquipari, em Grussaí e um Gol, cor cinza, no Centro de SJB, próximo a igreja. Dentro do gol, havia munições de fuzil 7.62. Estes dois veículos teriam sido utilizados para que o bando saísse do banco.

Segundo informações, os bandidos fugiram após abandonar os dois veículos, num Mercedes Classe A.

A AÇÃO

A gerente da agência, Alessandra Batista Pessanha, informou que todo o dinheiro que estava no banco foi levado. "Quatro elementos, dois fardados, chegaram por volta das 10h15m e levaram todo o dinheiro dos caixas e do cofre", disse a gerente ao blog do Paulo Noel. Entretanto, Alessandra não informou o montante levado. "Eles anunciaram o assalto, e não houve reação de nenhum dos funcionários e clientes. Eles estavam fortemente armados, mas não usaram de violência. Disseram que queriam apenas o dinheiro", disse. A ação durou cerca de 10 minutos.

ASSALTO A BANCO EM SJB Bandidos roubam Itaú e estão sendo procurados

Quatro bandidos assaltaram na manhã desta sexta-feira (03/12) a Agência do Itaú, em São João da Barra, e fugiram num Vectra preto. A Polícia está em perseguição tentando localizar os quatro bandidos que participaram do assalto. Dois estavam fardados.

Um cerco está sendo feito em toda a cidade com as saídas da cidade sendo fechadas. Os policiais estão posicionados no trevo na entrada da cidade, na BR-356. Houve a solicitação do apoio da Polícia do Rio de Janeiro com um helicóptero.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Locutor Lombardi, do SBT, é encontrado morto em sua casa

O locutor Luiz Lombardi Netto morreu aos 69 anos na manhã desta quarta-feira (2), em Santo André, cidade do ABC paulista. Uma das vozes mais famosas da TV, ele era funcionário do SBT e o mais antigo companheiro de trabalho do dono e apresentador da emissora, Silvio Santos.

Em entrevista ao programa matutino Hoje em Dia, da Rede Record, o irmão do locutor Reinaldo Lombardi contou que na noite anterior ele estava normal, gozando de saúde perfeita e não sofria de nenhuma doença que pudesse provocar sua morte repentina.

Ainda segundo Reinaldo, Lombardi não se levantou para trabalhar. Quando a empregada da casa foi chamá-lo e percebeu que estava morto.

A polícia e os agentes do Instituto Médico Legal do Estado de São Paulo foram à residência do locutor apurar a causa de sua morte, para a liberação do corpo. Por causa disso, ainda não foram definidos os detalhes do velório e sepultamento.

Misterioso (sua identidade era preservada pelo SBT, poucos conheciam seu rosto), o parceiro profissional mais assíduo do apresentador Silvio Santos nasceu no bairro paulistano do Bexiga, em 1940. Torcedor convicto do Palmeiras, ele já trabalhava com Silvio havia mais de 40 anos. A sintonia era tão grande que o dono do SBT não gravava nada se Lombardi não estivesse presente nos estúdios.

No episódio da ida do apresentador para a TV Globo, quando deixou a TV Paulista, Silvio teria prometido transformar Lombardi no locutor mais famoso do Brasil. Promessa realizada.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

CABRAL VIAJA A PASSEIO!

(Estado SP, 27) O governador Sérgio Cabral ficou satisfeito com a promessa presidencial de que o projeto não será votado no Congresso até o impasse ser resolvido. Ele seguiu na quarta-feira para os Estados Unidos, para uma viagem a passeio até o início da próxima semana, depois de passar o dia com Lula no Rio. Patinando em índices relativamente tímidos nas pesquisas eleitorais, o governador do Rio sabe que precisará se fiar na popularidade de Lula e na entrega de obras do PAC para fazer sua campanha à reeleição decolar. Ele ainda espera contar com o apoio do PT nacional para inviabilizar as pretensões do prefeito de Nova Iguaçu, o petista Lindberg Farias, de disputar o governo no ano que vem. (Obs.: E por isso tudo..., vai passear).

domingo, 22 de novembro de 2009

Um mito em construção

Dizem os publicitários que a boa propaganda é a maneira mais eficaz de enterrar um mau produto. Em política, as coisas se passam ao contrário. A propaganda funciona para oferecer aos eleitores mitificações que, muitas vezes, guardam pouca relação com o candidato real. Não é por outra razão que as campanhas custam cada vez mais caro. Em 2010, a candidatura presidencial do PT, o único partido que revelou suas estimativas, deverá custar 190 milhões de reais. Quase 90% dessa fortuna será gasta com propaganda destinada a edulcorar o perfil de sua candidata, Dilma Rousseff. Isso não é uma distorção inventada pelo PT. Há tempos os políticos se convenceram de que devem criar um avatar triunfante, simpático e infalível que, nas eleições, substitua sua carranca humana. A oposição deve gastar soma semelhante com esse mesmo objetivo.


Uma reportagem desta edição de VEJA sobre o filme Lula, o Filho do Brasil mostra que disfarçar peças de propaganda em produções culturais é uma maneira de turbinar a imagem dos políticos sem incorrer em gastos. Pago por empresas privadas com interesses no governo, o filme é um novelão melodramático que expurga fatos biográficos, endeusando o homem, com óbvias repercussões eleitorais positivas para a candidata da situação. A fita faz parte de um projeto mais amplo de transformar Lula em mito. Os arquitetos dessa estratégia, que agem muitas vezes à revelia do próprio Lula, sonham em criar uma imagem santificada do atual presidente.


O filme dá sua mãozinha. "A narração de Lula, o Filho do Brasil é encadeada como a vida de Cristo, do nascimento na manjedoura à ressurreição gloriosa", revela Isabela Boscov, crítica de cinema de VEJA. A ideia ao manter o fantasma de Lula tão presente na vida política nacional como o do velho rei Hamlet na peça de Shakespeare é produzir a impressão de que o novo presidente eleito é apenas um usurpador. Esse quadro ofereceria risco para a estabilidade política, mas também para Lula. Ele ganharia muito se agisse nesse caso com a mesma sabedoria que o levou a abortar as tentativas dos bolsões radicais mas sinceros do petismo de abrir caminho para o terceiro mandato.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

PT defende controle público e sanções à imprensa

Um texto aprovado pelo diretório nacional do PT defende o controle público dos meios de comunicação e a criação de mecanismos de sanção à imprensa. No documento, intitulado "Resolução Sobre a Estratégia Petista na Confecom (Conferência Nacional de Comunicação)", o PT também defende mudanças no atual modelo de outorga de concessões no setor de comunicação que, segundo o partido, é anacrônico, autoritário e "privilegia grupos comerciais em detrimento dos interesses da população".

No documento, o PT revela ainda a estratégia de apresentar as propostas aos representantes do partido no governo envolvidos com a Confecom. A conferência organizada pelo governo Lula e prevista para acontecer entre os dias 14 e 17 de dezembro tem como objetivo levantar propostas para nortear a elaboração de políticas públicas para o setor. A previsão é que participem representantes do governo, sociedade e empresas de comunicação.

Entre os temas em debate pelo governo está o sistema de outorgas de concessões, que faz parte do eixo temático "Meios de Distribuição".

O texto do PT afirma que o marco regulatório atual é "anacrônico, autoritário, fragmentado e privilegia os grupos comerciais, em detrimento dos interesses da população. Esses modelos permitem a uns poucos grupos empresariais - muitas vezes associados a fortes conglomerados estrangeiros - exercer o controle quase absoluto sobre a produção e veiculação de conteúdos informativos e culturais", diz o texto.

Documento fala em "proibição de monopólios"

Para substituir o modelo atual, o PT propõe: fortalecimento dos meios de produção público-estatais, regulação sobre conteúdo, mecanismos de controle público, proibição de monopólios, criação de um modelo que garanta mecanismos efetivos de sanção aos meios de comunicação, produção de nova legislação para direito de resposta, paridade racial de gênero na publicidade e um percentual para programas que tratem de história da África.

Perguntado se as propostas ferem princípios universais de liberdade de imprensa e expressão, o secretário nacional de Comunicação do PT, Gleber Naime, respondeu:

" Esta proposta é para garantir a liberdade de imprensa e não a das empresas "

" Sob o pretexto de democratização, o que se oculta é a tentativa de um crescente controle ideológico da informação "

Para o especialista em comunicação Carlos Alberto Di Franco, da Universidade de Navarra, as propostas do PT preocupam pois podem esconder objetivos de controle ideológico como os que foram aplicados em outros países latinoamericanos, como Venezuela e Argentina.

- Sob o pretexto de democratização, o que se oculta é a tentativa de um crescente controle ideológico da informação. As empresas brasileiras de comunicação deram exemplo histórico de seu compromisso em defesa da democracia. Os jornais combateram a ditadura militar. Mas combateram a ditadura em defesa de uma sociedade aberta e plural. O que vemos em alguns países da América Latina - e a Venezuela é um exemplo claro - é o crescimento de uma visão autoritária, centralizadora e antidemocrática - disse ele.

Nos últimos meses, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tem poupado ataques à imprensa. Em encontro com catadores de material reciclável, há cerca de três semanas, Lula disse que os formadores de opinião já não exercem influência sobre a população.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Obras na rodoviária deslocam ônibus e guichês para a Praça da República nesta 2ª feira

A Codemca que adminsitra a Rodoviária Roberto Silveira informa que a partir desta segunda-feira, 26 ônibus de 15 empresas que fazem linhas interdistritais e intermunicipais em Campos, serão transferidos para as imediações da Praça da República.

Dezesseis baias e guichês para vendas de passagem serão instalados nas proximidades das ruas Dr. Siqueira Campos e Lacerda Sobrinho. Seis tendas, cem bancos e banheiros químicos serão disponibilizados para abrigar os passageiros. A expectativa é de que até março do ano que vem o setor de embarque de ônibus retorne para a rodoviária.

Por mandar os jornalistas “chuparem”, Maradona se humilha na Fifa. E está livre para trabalhar na Copa da África…

“Chupem. Chupem. Chupem.

Eles que chupem. Chupem.”



Os gritos ensandecidos de Maradona após a vitória da Argentina contra o Uruguai chocaram o mundo.

As imagens da sua revolta com os jornalistas foram chocantes.

O agora técnico reagiu como se a culpa do péssimo futebol do selecionado fosse culpa da imprensa.

Xingou os jornalistas.

E anda os ameaçou na entrevista coletiva.

“Não vou esquecer quem fez e o que fez”, dizia raivoso.

Lógico que um dos maiores ídolos do futebol mundial e um treinador que comanda uma seleção campeã mundial teria de ser punido.

Delegados da Fifa anteciparam que Maradona seria punido exemplarmente.

A cúpula da Associação Argentina de Futebol se preparou para o pior.

A relação de Diego com a Fifa sempre foi conflitante.

Quando foi suspenso por doping durante a Copa de 1994, ele xingou a entidade de todos os palavrões imagináveis e outros criados por sua mente imprevisível.

Só que a maturidade ajuda a todos.

Até a Maradona.

Bastava a suspensão de um ano e adeus Copa da África.

E, sutilmente, sem grande estardalhaço, ele foi até a Suíça.

Usando toda a dramaticidade de um tango, Maradona explicou, justificou, implorou, ficou com os olhos lacrimejantes…

Falou muito em inexperiência e emoção por classificar a Argentina para a Copa.

Ele comoveu a Comissão Disciplinar da Fifa.

Os delegados duvidavam até que Maradona comparecesse à Suíça.

Maradona se deu muito bem.

Conseguiu uma inócua punição de dois meses.

Ou seja: novembro e dezembro deste ano, quando nada aconteceria envolvendo a Seleção Argentina.

E a partir de janeiro de 2010, ele estará liberado para trabalhar.

Maradona parece ter aprendido quem manda no futebol.

E não vai mais sair por aí mandando ninguém chupar nada depois de um jogo de futebol…

domingo, 15 de novembro de 2009

Estamos mais ricos? Talvez só nos falte a riqueza maior

Os tempos mudaram, as coisas já não são como antigamente. Diversos pontos pioraram, outros ficaram diferentes, e algumas coisas melhoraram. Somos um povo mais rico? Vejamos: Lembram-se das ruas sem asfalto? Dos esgotos correndo a céu aberto? Da falta de água encanada em casa? Da meia dúzia de pessoas que tinham carros no bairro? Das duas peças de roupas no guarda-roupa, uma para sair e outra para trabalhar? Dos “chinelinhos havaianas” azulzinhos, que usávamos até arrebentarem as correias? Quando isso acontecia, ainda colocávamos um preguinho embaixo para ele durar mais um pouquinho. Hoje esta marca é elitizada, no passado, era um produto muito consumido pelos mais pobres.

E os rapazes! Lembram do famoso “Kichute”? Do campinho de futebol à escola, do trabalho ao passeio na avenida, sempre com o nosso inseparável (talvez único) “Kichute”! E a TV que tinha a imagem em Preto e Branco e vinha acompanhada de aparelho de UHF e transformador? E ainda comprávamos uma tela protetora, com várias faixas coloridas, que instalávamos nas nossas TVs na esperança de enxergarmos as imagens coloridas (era horrível). TV em casa expressava ótima condição financeira, pois era um artigo de luxo.

Na escola, tudo muito difícil. Uniformes eram exigidos e os pais tinham que comprar. Somente a APM (Associação de Pais e Mestres) socorria os que estavam abaixo da linha normal da pobreza, como eu por exemplo. Lápis, borracha, caderno, bolsa, tudo isso precisava ser comprado, ou doado pela bondosa e dedicada APM, nossa salvação. E a alimentação? Frango e refrigerante somente no Domingo, lembra?! Durante a semana, comia-se o que tinha em casa (se é que tinha alguma coisa).

Mais recentemente as linhas telefônicas eram declaradas no Imposto de Renda de seus proprietários, tal era seu valor. E os celulares? Gigantes, ineficientes, sem nenhum benefício extra, e caros, muito caros. Somente alguns profissionais tinham condição de tê-los. Chamávamos de “tijolão”, devido ao seu tamanho. Interessante era a ginástica que exigia para se achar o sinal. Era um bom exercício de contorcionismo.

Hoje vivemos um tempo diferente nestas questões: muitos carros e motos nas ruas, linhas telefônicas e celulares com fácil acesso, roupas parecem não ser problema para a maior parte das pessoas, alimentação idem. Uma TV em cada quarto, aparelhos de som, de DVD, computadores etc. Todas as pessoas têm isso tudo? Na verdade não. Mas, é muito comum encontrar pessoas que vivem em situação de extrema pobreza com uma TV na sala, um aparelho celular no bolso, algumas dúzias de roupas para usar e alguma coisa para comer na geladeira. Na torneira água encanada e na rua da sua casa, asfalto.

Bem, se comparada à pobreza de 30 ou 40 anos atrás, podemos dizer que estamos sim, bem mais ricos hoje. Talvez nos falte a riqueza maior: o respeito. Respeito aos pais, aos mais velhos, ao próximo e à dignidade humana. Talvez tenhamos nos tornado ricos por fora e pobres por dentro, quem sabe.

Por: Prof. Adolfo Pereira

sábado, 14 de novembro de 2009

Chávez reitera: quer Dilma presidente

“É bom ir pronunciando e repetindo esse nome, pois aqui defendemos que Dilma Rousseff seja a próxima presidente do Brasil. Dilma, Dilma, Dilma, Vamos conhecê-la. Ela foi prisioneira da ditadura de direita e torturada”.

Eis Hugo Chávez, ditador da Venezuela, defendendo o nome de Dilma Rousseff para presidente do Brasil. E o fez num ato público, com transmissão pela TV. Acho que todos devemos este favor à candidata do PT: que o Brasil inteiro saiba que Dilma é a candidata de Chávez.

É isso ai, vamos com Dilma e já compremos algumas lanternas para irmos ao banheiro a noite, dá-lhe Chaves melhor presidente da America Latina.

Chaves, Lula, Evo e Fidel os 4 cavaleiros do apocalipse e agora Dilma a dama do inferno, tamos bem na América Latina, depois não reclamem quando os americanos começarem a despejar bombas por aqui.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

"OPERAÇÃO CORSÁRIO" Polícia Federal fecha rádios clandesinas

Policiais federais lotados na Delegacia de Polícia Federal em Campos dos Goytacazes/RJ, com apoio de Policiais Federais da Delegacia de Polícia Federal de Macaé/RJ e de técnicos da Agência Nacional de Telecomunicações-ANATEL, deflagraram, nesta (quarta-feira, 11/11/09), a “Operação Corsário”, com o intuito de combater a radiodifusão clandestina. Durante a operação foram detidas mais de dez pessoas, que foram soltas mediante o compromisso de comparecer em juízo.

A ação policial teve como base a área urbana do município de Campos dos Goytacazes, sendo também estendida ao distrito de Santa Maria e ao município de São Francisco de Itabapoana/RJ.

Foram apreendidos diversos transmissores e equipamentos de radiodifusão, sendo encerrado o funcionamento das seguintes rádios: RÁDIO ATIVA, Freqüência: 104,9 MHz; JOVEM POPULAR FM, Freqüência: 103,9 MHz; ALTO ASTRAL, Freqüência: 95,1 MHz; RÁDIO KOYNONIA FM, Freqüência: 98,7 MHz; RÁDIO 102 FM (ou Jovem Guarda), Freqüência: 102,3 MHz; RADIO MANIA FM, Freqüência: 88,1 MHz; Rádio POP FM, Freqüência: 89,7 MHz; RÁDIO SUPER

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Agora ela pede "desculpinha"... sei....

Médica suspeita de injúria contra funcionário da Gol divulga nota.


Ela e o marido perderam voo para a Argentina em 26 de outubro.
Ana Flávia será investigada pela Polícia Civil de Aracaju.

A médica Ana Flávia Pinto Silva, por meio de uma nota,
pediu desculpas públicas, nesta quarta-feira (4), pela confusão
ocorrida no Aeroporto Santa Maria, em Aracaju, em 26 de outubro.

Ela é investigada pela Polícia Civil da capital por suspeita de ter
ofendido um funcionário da empresa aérea Gol. Segundo o
Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV),
ela poderá ser indiciada pelo crime de injúria, de acordo com
o parágrafo 3º do artigo 140 do Código Penal Brasileiro.

Veja o video http://http//www.youtube.com/watch?v=g9604HtwrR8

Comentário do Blog:vou sair por aí roubando, matando, estuprando, extorquindo, qualquer crime que seja, pois depois é só pedir desculpas públicas e fica tudo bem. Assim fica fácil, né? Outra coisa: "investigada"? O que mais se tem pra investigar com tanta prova? Ahhh.... se ela não fosse médica e fosse pobre... ahhhh se fosse o funcionário que tivesse ofendido ela.... aí todos sabemos qual seria o fim dessa estória, não é?

Após ser detido com cocaína, Zina é convidado a fazer presença vip em São Paulo

Marcos da Silva Herédia, o Zina do programa 'Pânico na TV', volta a aparecer em público depois da prisão ocorrida dia 28 passado. Acusado de porte ilegal de entorpecentes, ele havia sumido das baladas, se afastado das gravações do programa e assumido um comportamento mais cauteloso depois da passagem pela polícia.

Porém, segundo o jornal Agora São Paulo, ele é esperado na matinê desse domingo, na balada Cabral, no bairro do Tatuapé, Zona Norte de São Paulo.

Conforme noticiou o jornal o rapaz é convidado da casa para posar de celebridade, onde se espera que atenda ao público para tirar fotos e falar frases como "brilha muito no Corinthians".

Fonte: Terra

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

UM PEIXE NO "MAR AZUL" Romário pega estrada para ver América perder

Com a vontade de realizar o sonho do pai Edevair de atuar pelo América em segundo plano devido ao equilíbrio da Segunda Divisão do Campeonato Carioca, Romário segue dando sua colaboração ao time rubro como dirigente e torcedor efetivo. Nesta quarta-feira (04/11), o Baixinho pegou a estrada e percorreu 274 quilômetros até Campos para torcer pela equipe em partida contra o Goytacaz, no Estádio Ary de Oliveira e Souza, mas não foi muito feliz.

Apreensivo na torcida, Romário viu o América ser derrotado por 2 a 1 para o time campista e perder também a liderança da competição para o Olaria. No primeiro turno, o Goyta já tinha sido algoz do time carioca, com vitória por 1 a 0 em Edson Passos. Agora, o time da Rua Bariri está em primeiro lugar, com 23 pontos, seguido do América, com 22. Sendas, com 21, e Goytacaz, com 20, também seguem na luta por uma das duas vagas do acesso.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

ÚLTIMO ADEUS A ELEIEL Personalidades políticas presentes ao velório




A prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, o ex-governador Garotinho, o governador Sérgio Cabral e o vice, Luiz Fernando Pezão estão em Italva, participando do velório do prefeito Eliel Almeida, que morreu nesta segunda-feira (02/11).

O sepultamento foi marcado para 14 h, no cemitério São Paulo, na localidade de Cimento Paraíso.

Eliel faleceu na tarde desta segunda-feira (02/11), por volta das 16h, o Prefeito de Iltava Eliel Almeida Ribeiro (PMDB), 55 anos. Eliel, que tinha problemas cardíacos, passou mal e foi atendido ainda na cidade de Italva, na Casa de Saúde, sendo levado em seguida para o Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, mas não resistiu ao infarto fulminante do miocárdio e morreu antes de dar entrada no Hospital.

Eliel Almeida, que foi Secretário de Estado na pasta da Educação no Governo de Leonel Brizola, estava em seu terceiro mandado como Prefeito de Iltalva. O primeiro foi no ano de 1989 e o segundo em 1997.

MORTE DE ELIEL ALMEIDA Sepultamento antecipado para 14 horas

Faleceu na tarde desta segunda-feira (02/11), por volta das 16h, o Prefeito de Iltava Eliel Almeida Ribeiro (PMDB), 55 anos. Eliel, que tinha problemas cardíacos, passou mal e foi atendido ainda na cidade de Italva, na Casa de Saúde, sendo levado em seguida para o Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, mas não resistiu ao infarto fulminante do miocárdio e morreu antes de dar entrada no Hospital.

O velório está sendo realizado na Câmara Municipal de Italva e o sepultamento será às 14h.

Eliel Almeida, que foi Secretário de Estado na pasta da Educação no Governo de Leonel Brizola, estava em seu terceiro mandado como Prefeito de Iltalva. O primeiro foi no ano de 1989 e o segundo em 1997.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Proteção oficial para obras do PACo no Complexo do Alemão esconde célula de narcoguerrilha das FARC

Por Jorge Serrão

O governo Lula tem culpa direta pela onda de terror que torna o Rio de Janeiro refém da narcoguerrilha urbana. Partiu do Palácio do Planalto uma ordem direta para que não ocorressem incursões policiais de peso no Complexo do Alemão. A “orientação” foi prontamente obedecida pelo goverrnador aliado Sérgio Cabral Filho. Agora, é uma das razões ocultas da crise verbal entre o Secretário de Segurança do Rio e a equipe de Stalinácio.

O motivo alegado oficialmente para a “trégua policial” seria não atrapalhar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento – o PACo, que prevê investimentos de R$ 495 milhões nas 11 favelas em que vivem de 97 mil (segundo o IBGE) a 150 mil pessoas (segundo estimativas locais). Mas a razão real para que a Polícia não pegue pesado no Alemão é que lá está instalada uma “célula” de narcoterroristas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

A informação sobre a presença das FARC no Alemão, que os governos Lula e Cabral só conseguem abafar por milagre, é conhecida dos serviços de inteligência da Polícia Fluminense e das Forças Armadas. As FARC são parceiras dos narcovendedores cariocas na compra e venda ilegal de armas e drogas. Também são parceiras de um segmento radical do petismo no Foro de São Paulo que as classifica como “grupos revolucionários”

O impedimento de combater as FARC no Alemão é o motivo verdadeiro pelo qual o Secretário de Segurança Pública do RJ, delegado federal José Mariano Beltrame, vociferou que o governo federal e a Polícia Federal são omissos no combate ao tráfico no Rio de Janeiro. Beltrame chegou até a pedir que fosse decretado o Estado de Emergência, previsto na Constituição, para que se possa agir contra o narcotráfico no Rio.

Mas a orientação política urgente é acabar com a falação ou detonar o Beltrame do cargo. Hoje, a pedido do presidente Stalinácio, o ministro da Justiça Tarso terá um encontro de emergência com o governador Sérgio Cabral. Na alegação oficial, a reunião servirá para fazer um balanço das medidas adotadas pelos dois governos na segurança pública do Rio. O ministro pretende ouvir os pleitos do estado e redefinir novas linhas de atuação.

Coincidência?

As obras do PAC no Alemão constroem até um teleférico de quase três quilômetros, nos moldes do feito em favelas de Medellín, na Colômbia.

Será que é para o pessoas das FARC se sentir mais bem ambientado no Rio de Janeiro?

Esta só pode ser piada de Alemão...

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Estrela do 'Pânico na TV', Zina é preso com cocaína em São Paulo

Marcos da Silva Heredia, o Zina, integrante do programa 'Pânico na TV', da Rede TV, foi detido nesta quarta-feira com uma cápsula de cocaína na Rua Capela da Lagoa, 100, no bairro Panamericano, Zona Norte, por volta das 7h.

De acordo com informações iniciais, os policiais militares receberam uma denúncia de que dois homens armados estariam andando pela rua. Ao chegarem ao local, os PMs encontraram dois homens em atitude suspeita, o integrante do Pânico era um deles.

Segundo a polícia, Zina resistiu à abordagem, o que resultou em sua prisão, e ao ser revistado, a droga foi encontrada. O caso foi encaminhado para o 74° DP (Jaraguá), onde o corintiano presta depoimento e deve ser liberado ainda hoje.

Após ser liberado, o integrante do programa Pânico na TV disse que passou mal no 74º DP, na Zona Oeste de São Paulo.

Zina ficou famoso após aparecer em um dos quadros do programa humorístico com a frase "Ronaldo, brilha muito no Corinthians". Atualmente, ele faz aparições ao lado de Sabrina Sato e Alfinete, em matérias relacionadas ao time.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Cesar Ciélo, Sensacional !!!

Dessa vez não foi pelo fato de ter ganho alguma prova de natação, mas pela entrevista corajosa que deu ao jornal O ESTADO DE SÃO PAULO.
Cesar bastante irritado, falou da falta de apoio da CBDA, (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos), onde disse, com todas as letras, que não teve ajuda da Confederação e muito menos do governo. Sua vitória de deve a ajuda de seu pai e de patrocinadores. Por isso treina nos Estados Unidos. E o presidente da confederação queria que ele voltasse para o Brasil, para treinar aqui. Queria também que ele fosse ao palácio do planalto para fazer o cartaz do presidente. Coisas que ele rejeitou. Daí para frente foi ameaçado de ficar sem o pouco de facilidades que a Confederação lhe dava. Minha vitória tem muito pouco a ver com eles, disse o nadador quando participou do troféu José Finkel, nas piscinas do Corinthians. Querendo eles ou não, sou campeão olímpico, e isso eles terão que engolir. Desde que me tornei profissional, em março, paguei tudo: alimentação, hospedagem, e até meu técnico (o australiano Brett Hawke). Ficou assustado quando lhe perguntaram se a CBDA havia ajudado em alguma despesa.
Sua resposta foi essa: 'Sério que vocês estão me perguntando isso?' 'Pensei que vocês estivessem brincando'. César Cielo contou que além de não receber auxílio da CBDA, teve problemas com o presidente. Entre outras ameaças, ele ameaçou suspender os míseras contribuições que eu vinha recebendo dos Correios, quando disse a ele que jamais viria para uma cerimônia no palácio do Planalto. Ele vivia telefonando para meus pais, e não os deixava trabalhar sossegados. Fiquei nervoso e até treinei mal por uns dias. Esse é o governo que temos, que quer colher frutos sem nada ter plantado. Atletas são intimados a ir a Brasília para pedir a benção ao bode barbudo que jamais soube o que significa trabalho e dedicação para se merecer a glória. Um governo que não ajuda em nada, ou ajuda muito pouco a quem traz glória ao país, enquanto subtrai milhões dos cofres públicos em proveito próprio. E com essa mentalidade de atletas esclarecidos não se vê mais medalhistas em Brasília puxando o saco do presidente.

CENA CARIOCA

Publicado ontem 26.10.2009, na coluna de Ancelmo Gois, o Globo.

Segundo o colunista, há testemunhas.

Diálogo entre dois camelôs do Largo da Carioca, na sexta passada:
- Mermão, isso aqui está parecendo luta de boxe!
- Como assim?
- A cada três minutos, um assalto...

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

SOBRE A VIOLÊNCIA NO RIO!

Trechos da Veja de 24/10/09

11. O GOVERNO FEDERAL ESTÁ SE LIXANDO. Como o crime no Rio não afeta a popularidade do presidente, a questão não é prioritária. Dos 96 milhões de reais previstos para modernizar a polícia em 2009, somente 12 milhões de reais chegaram aos cofres do estado.

12. AS FAVELAS NÃO PRODUZEM DROGAS NEM ARMAS. Nunca se fala ou se age decisivamente contra a estrutura profissional e internacional de fornecimento de cocaína e armas aos traficantes cariocas. Inexiste a fiscalização de estradas, portos e aeroportos.

13. OS PORTOS BRASILEIROS SÃO UMA PENEIRA. Somente 1% dos contêineres que passam pelos portos é escaneado para a fiscalização do contrabando de armas e drogas. É uma omissão criminosa, pois 60% do tráfico de drogas se dá por via marítima.

QUERO MORAR NA PROPAGANDA DO GOVERNO DA BAHIA

Pagode comentando a propaganda do governo da Bahia na TV. Aliás, serve aqui para o Estado do Rio e para tantos outros estados e municípios.


http://www.youtube.com/watch?v=8ZpyBkln0ew

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Rio é cidade brasileira mais bem avaliada por estrangeiros

O estudo analisa o setor de turismo de eventos internacionais


no país e, para isso, comparou 13 das principais cidades brasileiras,


entre as quais o Rio de Janeiro se destacou por estar acima da


média nacional.


Os dados da Embratur revelam que cerca de 38% dos estrangeiros


que visitam o Rio de Janeiro já consideravam anteriormente que a


experiência seria boa.


Para 51,5% dos entrevistados, a imagem da cidade melhorou


após sua visita.


O estudo também destaca a despesa média diária de US$ 395


dos turistas vão ao Rio para assistir a algum tipo de evento,


número quatro vezes maior que os US$ 98 gastos pelos que


estão na cidade apenas para passear.


A Embratur prevê que o Rio de Janeiro atrairá cada vez mais


congressos, simpósios e feiras internacionais após ter sido


escolhida para sediar os Jogos Olímpicos de 2016, e lembrou


que a cidade apresentará sua candidatura para receber a Expo 2020,


um dos maiores eventos de negócios do mundo.


Para a presidente da Embrautr, Janine Pires, o estudo mostra


"como um evento pode modificar a imagem de uma cidade e


impactar positivamente sua economia".

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Olimpiadas

Boas razões tinha a comissão de americanos que foi à Dinamarca se
manifestar contra uma possível escolha de Chicago para a realização das
Olimpíadas. Alegaram eles, claramente, que isto só iria lhes causar
transtornos, despesas inúteis e CORRUPÇÃO. E ai está porque os políticos
brasileiros se empenharam tanto em que o Rio fosse escolhido para a sede de
tal evento, através de uma campanha milionária.
Serão mais de vinte cinco bilhões aplicados em obras vultosas, que como se
sabe, terão "grande utilidade", a exemplo do parque aquático e o autódromo
do Rio de Janeiro, que vivem abandonados, com rara utilização e sem trazerem
nenhuma vantagem, como elefantes brancos que são.
O impressionante é que o governo alega que não tem recursos para atualizar
os proventos dos aposentados, não tem verba para recuperar as estradas e
construir outras novas, o povo sofre na fila dos hospitais para ser atendida
e o ensino vai para o brejo.
Mas para fazer olimpíada e construir mais elefantes brancos, dispões de R$35
bilhões. Não é surpreendente?

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

REDAÇÃO DE ESTUDANTE CARIOCA VENCE CONCURSO DA UNESCO COM 50.000 PARTICIPANTES

'PÁTRIA MADRASTA VIL'

Onde já se viu tanto excesso de falta? Abundância de inexistência. .. Exagero de escassez... Contraditórios? ? Então aí está! O novo nome do nosso país! Não pode haver sinônimo melhor para BRASIL.
Porque o Brasil nada mais é do que o excesso de falta de caráter, a abundância de inexistência de solidariedade, o exagero de escassez de responsabilidade.
O Brasil nada mais é do que uma combinação mal engendrada - e friamente sistematizada - de contradições.
Há quem diga que 'dos filhos deste solo és mãe gentil.', mas eu digo que não é gentil e, muito menos, mãe. Pela definição que eu conheço de MÃE, o Brasil está mais para madrasta vil.
A minha mãe não 'tapa o sol com a peneira'. Não me daria, por exemplo, um lugar na universidade sem ter-me dado uma bela formação básica.
E mesmo há 200 anos atrás não me aboliria da escravidão se soubesse que me restaria a liberdade apenas para morrer de fome. Porque a minha mãe não iria querer me enganar, iludir. Ela me daria um verdadeiro Pacote que fosse efetivo na resolução do problema, e que contivesse educação + liberdade + igualdade. Ela sabe que de nada me adianta ter educação pela metade, ou tê-la aprisionada pela falta de oportunidade, pela falta de escolha, acorrentada pela minha voz-nada-ativa. A minha mãe sabe que eu só vou crescer se a minha educação gerar liberdade e esta, por fim, igualdade. Uma segue a outra... Sem nenhuma contradição!
É disso que o Brasil precisa: mudanças estruturais, revolucionárias, que quebrem esse sistema-esquema social montado; mudanças que não sejam hipócritas, mudanças que transformem!
A mudança que nada muda é só mais uma contradição. Os governantes (às vezes) dão uns peixinhos, mas não ensinam a pescar. E a educação libertadora entra aí. O povo está tão paralisado pela ignorância que não sabe a que tem direito. Não aprendeu o que é ser cidadão.
Porém, ainda nos falta um fator fundamental para o alcance da igualdade: nossa participação efetiva; as mudanças dentro do corpo burocrático do Estado não modificam a estrutura. As classes média e alta - tão confortavelmente situadas na pirâmide social - terão que fazer mais do que reclamar (o que só serve mesmo para aliviar nossa culpa)... Mas estão elas preparadas para isso?
Eu acredito profundamente que só uma revolução estrutural, feita de dentro pra fora e que não exclua nada nem ninguém de seus efeitos, possa acabar com a pobreza e desigualdade no Brasil.
Afinal, de que serve um governo que não administra? De que serve uma mãe que não afaga? E, finalmente, de que serve um Homem que não se posiciona?
Talvez o sentido de nossa própria existência esteja ligado, justamente, a um posicionamento perante o mundo como um todo. Sem egoísmo. Cada um por todos.
Algumas perguntas, quando auto-indagadas, se tornam elucidativas. Pergunte-se: quero ser pobre no Brasil? Filho de uma mãe gentil ou de uma madrasta vil? Ser tratado como cidadão ou excluído? Como gente... Ou como bicho?


Premiada pela UNESCO, Clarice Zeitel, de 26 anos, estudante que termina faculdade de direito da UFRJ em julho, concorreu com outros 50 mil estudantes universitários.
Ela acaba de voltar de Paris, onde recebeu um prêmio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) por uma redação sobre 'Como vencer a pobreza e a desigualdade'

domingo, 4 de outubro de 2009

ELE É O CARA




Na disputa do time que luta para não ser rebaixado à Série B e o outro que briga para chegar ao G-4, melhor para aquele que tem um Imperador no comando. E assim foi o Fla-Flu deste domingo no Maracanã. Com dois gols de Adriano, o Rubro-negro venceu o Tricolor por 2 a 0, subiu na tabela e afundou de vez o rival, que segue na lanterna, cada vez mais perto de voltar à segundona.

A primeira chance de gol surgiu numa jogada de bola parada e foi do Flamengo. Pet cobrou escanteio da direita e a bola passou à esquerda do gol. O Flu deu a resposta aos 9 minutos. Alan recebeu bom lançamento na entrada da área mas errou a bola ao tentar encobrir Bruno.

Aos 26, Adeílson chegou bem pela esquerda e cruzou para trás para Alan, que bateu de primeira e mandou por cima do gol, rente ao travessão. O Rubro-negro deu a resposta aos 30 em cabeçada de David após cruzamento de Pet. Aos 35, Adeílson recebeu na área, com um drible lindo deixou Léo Moura no chão, e chutou em cima de Bruno.

No segundo tempo, o Fla voltou pressionando logo aos 2 minutos. Pet lançou Adriano, que obrigou Rafael a fazer excelente defesa. Aos 6, porém, o Imperador não perdoou. Ele recebeu na entrada da área, errou a passada, mas se recuperou, com um corte turou dois zagueiros e bateu cruzado no canto esquerdo para fazer 1 a 0.

Pouco depois, uma lance preocupou a todos no estádio. Alan disputou uma bola de cabeça e caiu no chão desacordado. Segundo o médico tricolor, Dr. Douglas Santos, "Alan teve um trauma na cabeça, a princípio está tudo bem, mas vai para o hospital fazer exames".

Quando a bola voltou a rolar, o segundo não demorou muito. Léo Moura deu bom passe para Adriano dentro da área. O camisa 10 dominou e bateu rasteiro na saída de Rafael para delírios dos rubro-negros, que eram imensa maioria dos 78.409 pagantes (82.566 presentes).

O terceiro poderia ter saído aos 29, com Zé Roberto, mas o goleiro Rafael fez ótima defesa. Aos 38, após bela jogada de Adriano, Willians marcou, mas o árbitro Marcelo de Henrique assinalou impedimento.

sábado, 3 de outubro de 2009

O choro da vitória


O presidente Lula se emocionou na coletiva da delegação brasileira. Uma coisa não se pode negar, ao contrário do que já vimos em outros episódios manteve os pés no chão na disputa com Chicago, Madrid e Tóquio.

Foi bem mais equilibrado do que Paes e Cabral, que mesmo sabendo da importância do turismo para o Rio de Janeiro tripudiaram do pessoal das três cidades rivais criando um clima pouco amistoso.

domingo, 27 de setembro de 2009

MAIS UM GAROTINHO Wladimir Matheus assume presidência do PR


Uma tarde em que o filho inicia uma trajetória na política indo de encontro com os mesmos caminhos seguidos pelos pais. Na tarde deste sábado (26/09), Wladimir Matheus, assumiu a condição de presidente do PR, em Campos, com o apoio do pai Anthony Garotinho e da mãe Rosinha Garotinho.

Em tarde/noite que contou ainda com a adesão de Roberto Henriques, que assinou a ficha de filiação com o partido, muito foi falado e em clima quente no Clube Esportivo Rio Branco, no centro de Campos, Garotinho teve que assumir a condição de apaziguador, ao perceber que o clima esquentava com desabafos fortes de pré-candidatos, que mostraram indignação de situações que acontecem nos bastidores do grupo, mas que não foram tratados abertamente.

Primeiro Wladimir Matheus foi efetivado no cargo ao qual garantiu não se imaginar estar um dia. “Tudo começou quando vim para Campos para ficar ao lado de minha mãe na campanha para Prefeita. De lá pra cá ganhei gosto e agora fui convidado para assumir o partido. Espeto poder contar com a colaboração de todos e assim fazermos o melhor para o partido aqui em Campos”, disse.

O pai, o comandante maior do grupo político, Garotinho, declarou que não gostou da idéia, por entender que o filho ainda é muito jovem, mas a experiência será conquistada na prática. “Prepara o lombo, porque as cobranças são grandes”.

Já Rosinha Garotinho frisou: “Wladimir era o filho avesso a política. Agora tomou gosto pela política e hoje assume o PR em Campos. O fruto não cai longe da árvore”.

CLIMA QUENTE ENTRE OS PRÉ-CANDIDATOS
Garotinho fez questão de frisar que nem ele é candidato ainda ao Governo do Estado e nem mesmo há ainda oficialmente os candidatos a Alerj e a Câmara dos Deputados. “Só existirá candidato depois da convenção. Aqui são todos pré-candidatos”.

Mas Garotinho fez um discurso e uma promessa aos professores do Estado, afirmando que caso seja candidato e assim eleito, irá implantar o plano de carreira para o magistério. “Sei que errei e não fiz como Governador, assim como fiz com a Polícia, mas garanto que se tudo acontecer, será meu primeiro compromisso. Tenho que reconhecer que fiquei devendo”.

O Secretário de Governo do governo de Rosinha, Roberto Henrique, propenso candidato a Deputado Estadual, filiou-se ao PR, mas fez questão de frisar que não é o momento de se pensar em eleição, e sim de se trabalhar em prol do governo municipal. “Ainda não é chegada a hora de se fazer campanha, principalmente dentro das secretarias, que não podem ser usadas. É hora de juntarmos as forças e ajudar o governo a continuar andando”.

Já o ex-presidente do PMDB de Campos, o deputado federal Geraldo Pudim, que se desfilou do partido esta semana, foi mais forte em suas declarações e apesar de não citar nome(s), atirou contra quem estaria usando seu nome de forma contrária. “Não quero ouvir moleque falando de mim. Desafio um empreiteiro a subir aqui e dizer que indiquei algum fornecedor para a Prefeitura. Não vou ficar calado ao escutar certas fofocas”, declarou veementemente Pudim, que na segunda-feira (28/09) se filiará oficialmente ao PR, em Brasília.

Paulo Feijó e David Loureiro, secretários de Meio Ambiente e Obras,respectivamente no governo de Rosinha, são pré-candidatos pelo PR à Câmara Federal. Feijó foi deputado pelo PSDB durante 12 anos, enquanto David foi o prefeito de São Fidélis.

O vereador Nelson Nahin também deixa o PMDB convicto que faz a melhor opção indo para o PR, sendo forte nome para a Alerj.